Casa 10: São Paulo (Jardins)

Quando iniciei o mestrado, em 1982, já tinha como certo que no ano seguinte teria de passar temporadas pesquisando em São Paulo e no Rio de Janeiro. Assim, em 1983 me desfiz do meu quartinho de Campinas e parti para minha primeira experiência de morar em São Paulo.

A cidade me assustava um pouco, mas também exercia uma atração sobre mim. Assim, quando duas amigas de muito tempo lá de Araçatuba me propuseram morar com elas num apartamento da Alameda Tietê, aceitei logo.

Comprei um Guia Mapograf e comecei a me aventurar pela cidade. Não, não existia GPS nem celular, estávamos em 1983! Carregava meu guia e um mapa para onde quer que fosse, e fui aprendendo a me locomover pela cidade.

A vida na república era divertida: tocávamos violão, dávamos muita risada, fazíamos festas. E eu trabalhava na pesquisa, de biblioteca em biblioteca, de arquivo em arquivo.

Essa vida durou apenas um semestre, mas a experiência me deu a certeza de que morar novamente em São Paulo era tudo o que eu queria, num futuro próximo.

Mas antes eu teria de cruzar dois rios.

mapograf1980

(A edição de 1980 do Guia Mapograf, bem parecida com a que eu usei)

  4 comments

  1. Carmem   •  

    São Paulo, sempre arrebatadora… ☺

  2. Dandara Reynaldo   •  

    Você ainda tem esse guia? Tenho interesse em utilizá-lo para um filme!!

    • psiulandia   •     Author

      Puxa, não tenho mais! Deve ter sido jogado fora numa das últimas mudanças!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *