Escuitando!

Conheci uma senhora já falecida, camponesa, que muitas vezes ficava parada num canto, quietinha. Quando a gente perguntava: “O que a senhora tá fazendo aí tão quietinha, dona Iolanda?” ela respondia: “Tô escuitando!” E às vezes não tinha nada pra ela “escuitar” a não ser o silêncio. “Escuitar”, pra ela, era ficar ali, quietinha, pensando […]

Continue lendo...

Bardot na Psiulândia!

Li esses dias uma matéria na internet sobre Brigitte Bardot. O artigo comentava uma entrevista dada por ela ao jornal italiano “La Repubblica” e publicada em 26/09/2009. Entre outras coisas interessantes, ela disse que preferia estar com os bichos, porque estava cansada da “humanidade ruidosa e intrometida”. Pois é, parece que temos mais uma moradora […]

Continue lendo...

Amigos secretos porém públicos!

Chega dezembro e é batata: nenhum restaurante, bar, lanchonete fica livre da tão famigerada confraternização dos funcionários da empresa! Ontem estive num lugar desses e, para mim, foi como estar na ante-sala do inferno… Quando cheguei, a música no ambiente já estava alta. Minha pequena mesa (éramos apenas 2 pessoas com fome) situava-se entre duas […]

Continue lendo...

Amor, festa e devoção.

Fui ontem ver a estréia do “Amor, festa e devoção”, de Maria Bethânia, no Teatro Abril. Como muita gente me pergunta se gostei, e desta vez a resposta não é simples, resolvi escrever este pequeno texto sobre minhas impressões. Fiz muitas fotos, como sempre, e o link para vê-las está aqui. Pra começar, preciso dizer […]

Continue lendo...

Calçada da lama

Um post rápido, só pra manifestar minha solidariedade com o pessoal do bairro de Santa Cecília, que está na luta para manter sua vizinhança mais silenciosa. O caso é que Lilian Gonçalves, conhecida empresária da noite paulistana e amiga de poderosos, está querendo ampliar sua área de atuação no bairro, sempre no ramo de casas […]

Continue lendo...

Psiulândia forçada…

Que horror, quase um mês sem postagens! Então, antes que a folhinha mude para o dia 12, vamos lá! Hoje faço um post rapidinho pra comentar mais uma triste experiência com celulares. E desta vez, com o meu celular! Antes, porém, algumas informações. Pra quem não sabe, moro no interior mas passo muito tempo em […]

Continue lendo...

Barulhinho ruim!

Um dia desses fui a um pocket-show na Fnac, em São Paulo, na Avenida Paulista. Pra quem não conhece o espaço, o palco – meio improvisado – fica ao lado do café que tem lá no andar superior. E aí começam os problemas… O tal café tem um sistema de atendimento por senhas numéricas. E […]

Continue lendo...

Ando meio alarmada…

Eu moro num bairro meio fronteiriço da minha cidade, que mistura casas de padrão médio/alto e barraquinhos de quase favela e favela mesmo. Sim, isso também existe no interior… Talvez por isso, todo mundo que tem uma casinha mais arrumadinha cisma logo de comprar um daqueles alarmes sonoros contra roubo. Resultado: sempre tem algum disparando, […]

Continue lendo...

Irritando Ana Old – uma meta-postagem

Cheguei à conclusão de que tenho uma concorrente: Fernanda Young e seu programa “Irritando…”. A questão é que lá no programa dela a gente acaba rindo das idiossincrasias da apresentadora e dos convidados e os motivos de irritação vão ficando em segundo plano. Como toda artista de televisão, Fernanda Young gosta de fazer sucesso, afinal […]

Continue lendo...