Ela e eu (2)

Mas voltemos um pouco no tempo, lá para o final dos anos 70, quando decidi estudar Letras. Eu havia me tornado fã de poesia. Claro que Bethânia, com seus poemas de Pessoa, tinha de certa forma contribuído para isso. Mas a minha grande paixão literária, como muitos já sabem, é Cecília Meireles. Foi por ela que decidi me dedicar aos estudos literários.

Naquele ano em que prestei o vestibular para Letras, 1977, Bethânia lançava o LP “Pássaro da manhã”. Na primeira faixa, ela declamava o poema “Eros e Psiquê”, de Fernando Pessoa. Ouvi tanto que, mais uma vez, decorei… Se quiserem ouvir, tem aqui.

Em 1985, comecei a dar aulas em cursos de Letras nas faculdades particulares de São Paulo. Quando dei por mim, tinha virado professora de literatura portuguesa, principalmente. Entre os poemas que usava em minhas aulas, estava, claro, “Eros e Psiquê”.

Em 1991, prestei concurso para professora de literatura portuguesa na Unesp, em Assis. Na prova escrita, mal consegui acreditar quando vi que o poema proposto para análise era justamente “Eros e Psiquê”! Não fui muito bem na prova didática, mas nessa prova escrita tirei uma nota altíssima. Provavelmente devo parte de minha aprovação no concurso à familiaridade com o poema que começou lá naquele ano de 1977, com o “Pássaro da manhã”…

Enfim, Bethânia foi sempre muito presente para mim, não só na música, mas também em matéria de poesia.

Numa das vezes em que pude conversar com ela no camarim (no próximo post falo mais dos shows), pedi-lhe que autografasse para mim o dvd em que ela declama Pessoa com Cleonice Berardinelli. Ela estava sentada e eu em pé. Contei-lhe que era também professora de literatura portuguesa e que, por isso, tinha Dona Cleo como referência profissional. Depois, pedi para tirarmos uma foto juntas e, para isso, fiz menção de me ajoelhar ao lado dela, para ficarmos na mesma altura. Ela interrompeu meu gesto e disse: “não se ajoelhe, para uma professora eu é que fico em pé”. E assim fizemos essa foto, com o dvd pessoano na minha mão:

No próximo post, falo mais dos shows! Até lá!

  8 comments

  1. Claudio   •  

    “Para uma professora eu fico em pé” – quer mais Ana de Assis y Santos?

  2. Allan   •  

    Respeito rege. Parabéns, Professora.

    • psiulandia   •     Author

      Obrigada, senhor. Obrigada, querido!

  3. Barbara   •  

    Que coisa maravilhosa de se ler!

  4. Geovane Castro   •  

    Que maravilha!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *