O melhor da viagem

Desde o final da minha adolescência, tenho viajado muito de ônibus. Já enfrentei perrengues homéricos, como vocês podem imaginar. Nos últimos anos, depois da popularização dos smartphones, meu suplício tem sido aguentar os que ouvem música nesses aparelhos sem usar fones de ouvido. Já me queixei muito neste blog sobre o mau uso dos eletrônicos a bordo. Mas hoje quero falar de outra coisa.

Quando eu viajo, procuro encarar o caminho como parte da aventura. Gosto de me sentar na janela, pra poder ir vendo a paisagem passar. Quando viajo durante o dia, especialmente, acho uma diversão ir olhando o mundo passando diante dos meus olhos.

Mas de uns tempos para cá tenho observado o surgimento de um novo tipo de passageiro, cada dia mais comum. É aquela pessoa que, mal se senta, já baixa o encosto de sua poltrona ao máximo, fecha as cortinas da janela e coloca fones de ouvido. Parece que ela quer criar uma cápsula que a proteja de todo o contato com a vida ao redor dela naquele ônibus, inclusive não permitindo que o desfile das paisagens pela janela interfira nesse seu isolamento.

A ânsia de criar esse casulo não permite nem mesmo que essas pessoas tenham em conta que o encosto abaixado de sua poltrona muitas vezes atrapalha os outros passageiros que ainda estão embarcando. Quantas vezes tive de pedir para voltarem o encosto da poltrona para a vertical para eu poder me ajeitar no banco de trás?

Esse modo de viajar isolado também funciona nos aviões, parece mesmo uma doença – e que atinge principalmente os mais jovens. Onde foi que ficou o prazer de viajar? Não havia um ditado que dizia que o importante das viagens não era chegar, mas sim aproveitar o caminho?

Esse rapaz aí nessa foto, que fiz durante a minha última viagem, passou o tempo todo assim. Que tal experimentar, na próxima vez, tirar os fones de ouvido, abrir as cortinas, e curtir a paisagem? E , se possível, com o encosto da poltrona um pouquinho menos reclinado, para a alegria de quem está atrás de você?

20150523_152616crop

 

Aviso: estou saindo – mais uma vez – de viagem. O blog voltará a ser atualizado quando eu retornar! Até lá!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *