Milagres de fevereiro

Nos primeiros dias deste mês de fevereiro passei por algumas experiências que confirmam um dos versos de Caetano Veloso de que mais gosto: “quem é ateu e viu milagres como eu”.  Foram dias realmente miraculosos, esses dias de fevereiro na Bahia. Tudo começou quando Carmem e eu finalmente decidimos viajar para a Bahia a tempo […]

Continue lendo...